compartilhar

 

 

Leve essa palestra para seu público!  Luiz Amorim contará sua historia de vida em um ótimo bate papo em seu evento sobre filosofia, Mitologia Grega, Moral e Ética e vários assuntos. Como ter uma vida com qualidade e se preparar para as turbulências do dia-a-dia. Com essa palestra você ajuda a manter uns dos maiores projetos de incentivo à leitura do País.

 

Feche conosco agora mesmo por email (ascomtbone@gmail.com) ou pela página do Facebook!

 

CONHEÇA A HISTÓRIA DE LUIZ AMORIM E SEU AÇOUGUE CULTURAL

 

Luiz Amorim é natural de Salvador, dos 7 ao 12 anos trabalhou como vendedor de picolé, engraxate, lavador de carros, feirante. Aos 12 começou a trabalhar como auxiliar de açougueiro e só foi alfabetizado aos 16 anos. Esses foram alguns dos ofícios de Luiz. Afinal, precisava ajudar a família, que havia se mudado para Brasília na década de 1970. Mas o menino franzino e tímido não ajudou só a comprar pão e leite, colocou à mesa o que chama de “alimento para a alma”: a literatura. O primeiro livro que leu foi um gibi de filosofia aos 18 anos. Foi o empurrão necessário para mergulhar de cabeça nesse maravilhoso mundo do espirito.

 

Quando comprou o açougue em 1994, Luiz montou uma estante com um pequeno acervo com uns dez livros a ser oferecidos gratuitamente para a leitura dos clientes. Começou com dez livros, hoje o projeto circula em média duzentas mil publicações por ano. 

 

Luiz adota técnicas de reforço cultural entre seus empregados: cada um recebe um bônus mensal para ler um livro e entregar um resumo por escrito. O açougueiro não julga a qualidade da obra escolhida. “O importante é que leiam e manuseiem livros, não só carnes”.

 

“O meu trabalho é um trabalho de arte, o que eu faço é arte. A arte não é só quando você pinta um quadro, quando faz uma composição ou escreve um livro. Para os gregos, o que eu faço também é arte, tudo que você faz que leve o ser humano a uma reflexão, é arte.”

 

 Além da biblioteca no açougue, a ONG Projetos Culturais T-Bone, desenvolve várias atividades culturais: Noites Culturais, com apresentações na comercial da 312 Norte de artistas locais e nacionais; Projeto T-Bone/CCBB - T-Bone em Movimento; Bienal de Poesia (Bienal do B – a Poesia na Rua); o projeto Biblioteca Popular que disponibiliza livros gratuitos 24 horas nos pontos de ônibus de Brasília/DF. O projeto foi reconhecido pela UNESCO/ONU.

 

O fundador do T-Bone já ministrou palestras em várias instituições e feiras literárias. Tais como:

 

  • Fundação Getúlio Vargas;
  • Com:Atitude;
  • Instituto C&A;         
  • Rotary Club de Brasília e Taguatinga;
  • Universidade de Brasília;
  • Centro Universitário ICESP;
  • Faculdade Michelangelo;
  • Petrobras;
  • ENCONTRARH – O maior congresso de gestão de pessoas da Região Centro Oeste, Feira do Livro de Poços de Caldas;
  • Feira Pan Amazônica do Livro do Estado do Pará;
  • Feira do Empreendedor do SEBRAE de Goiás;
  • Semana de Capacitação do SEBRAE Nacional;
  • Centro Educacional Lago Norte;
  • Escola Classe 113 norte.

 

Um Filme: “T-Bone – Açougue Cultural” – Luiz Amorim é um açougueiro, que ao ler os grandes pensadores desenvolveu um potencial de intervenção na sociedade – 70 min – Brasília 2013 – Direção de Alisson Machado.

 

4 livros já foram publicados tendo como tema os eventos e as ações de Luiz, um sobre a quadra 312 Norte, que conta a história da primeira quadra da Asa Norte do Plano Piloto de Brasília. Na qual nosso personagem é um dos protagonistas. Outros três livros foram lançados, cada um contando a experiência retirada das três edições da Bienal de Poesia. Nele podemos saber quem participou, quais suas poesias e suas memórias sobre os dias do evento anual produzido pelo Açougue Cultural T-Bone.

 

O Açougue Cultural T-Bone foi premiado pela Fundação Getúlio Vargas, Sodexho Pass, Associação Comercial do Distrito Federal e IPHAN.

 

Os projetos do Açougue T-Bone já foram noticiados pelos principais veículos de comunicação do país: Jornal Nacional, Bom dia Brasil, Folha de São Paulo, O Globo, Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios, Revista Época, Revista Carta Capital, Revista Piauí, Revista Veja Brasília, Revista Encontro, Nova Escola, DF TV, Radiobrás, Jornal Correio Brasiliense, Jornal de Brasília, Tribuna do Brasil, Programa Jô Soares, Programa do Faustão, G1, “Minha Brasília”, e os exemplos não param.

 

Por sua notoriedade e importância para a comunidade, Luiz Amorim foi convidado para representar o T-Bone e o Projeto Biblioteca Popular durante o revezamento da Chama Olímpica para os Jogos Rio 2016. Fato de repercussão mundial e que também foi amplamente noticiado nos meios da Capital Nacional.

 

Perfil em links

 

  • Prêmio Embratel de imprensa

 

https://www.youtube.com/watch?v=J1YMUY0BfA4

 

  • Entrevista Tocha Olímpica

 

http://g1.globo.com/distrito-federal/videos/t/todos-os-videos/v/revezamento-da-tocha-olimpica-conta-com-141-pessoas-em-brasilia/4998099/

 

  • Entrevista ao Minha Brasília

 

 

  • Açougue Cultural T-Bone

https://www.youtube.com/watch?v=R8RI8mpZPLs

 

  • Programa Para Todos TV Brasil

https://www.youtube.com/watch?v=eEp8iOxjvrA

 

  • Noite Cultural com Jorge Bem Jor

 

 

  • Açougue Cultural – Sábados Azuis TV Brasil

https://www.youtube.com/watch?v=YEcEmQ9nCSg

 

  • Estações Culturais

https://www.youtube.com/watch?v=8yKTuqC-Bvw

 

 

 

Quantas Pessoas?

Homens
Mulheres
Crianças

Tipos de carnes?






Churrasco

Cadastra-se

Cadastre-se e receba noviadades e promoções por email